MT foi segundo mais violento em 2013




Três pessoas por dia foram mortas de forma violenta nos últimos dois anos em Mato Grosso. Conforme dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, o Estado teve o segundo maior aumento no número de homicídios em 2013. A elevação fez com que Mato Grosso pulasse de 10º para 7º no ranking de homicídios por habitantes.

De acordo com o estudo, realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 2.199 pessoas foram vítimas de crimes violentos letais intencionais, que incluem homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida da morte, entre 2012 e 2013.

Foram 1.047 mortes violentas em 2012 e 1.152 em 2013, um aumento de 10%. Os dados colocaram o Estado na contramão do país, que apresentou uma redução de 2,6% no número de mortes violentas.

Segundo a pesquisa, Mato Grosso teve um aumento de 7,2% no número de homicídios dolosos de 2012 para 2013, sendo o segundo estado que mais registrou aumento dos índices no período, perdendo apenas para o Ceará, que teve uma alta de 16,5%.

Foram 1.041 homicídios registrados em 2013 contra 948 de 2012. O número fez com que o Estado subisse a taxa de homicídios por habitantes, saindo da 10ª posição para a 7ª. Em 2012, eram 30,4 mortes para cada 100 mil mato-grossenses. Em 2013 o número subiu para 32,6 para cada 100 mil. Na Região Centro-oeste, o Estado ficou atrás apenas de Goiás, que registrou 39,9. Ainda assim, Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal contabilizaram redução de mortes no período.

Alagoas permaneceu como o estado mais violento, com 64,4 mortes para cada 100 mil. Santa Catarina é o menos violento, com 10,8 mortes para cada grupo de 100 mil.

O número de tentativas de assassinatos também disparou em Mato Grosso. Foram 1.806 tentativas em 2013, contra 1.399 em 2012, um aumento de 29%. Porém, de acordo com o anuário, diminuiu o número de homicídios culposos, sem a intenção de matar, de 36 casos para 12, e o número de mortes sem esclarecimento, de 298 crimes sem solução em 2012 foi para 260 no ano seguinte.

LATROCÍNIO – O número de latrocínios, roubo seguido de morte, teve um aumento em Mato Grosso de 14,7% no Estado, saindo de 40 casos em 2012 para 47 em 2013. A taxa no Estado foi de 1,5 roubou para cada grupo de 100 mil habitantes.

ROUBOS – O Anuário ainda identificou um aumento de 10,1% no número de roubos em 2013. Em todo o Estado, foram registradas 15.192 ocorrências, já em 2012 haviam sido registradas 13.762. O número de roubos a veículos foi um dos mais alarmantes, um aumento de mais de 30% em 2013, com 3.282 veículos roubados no último ano contra 2.515 em 2012.


Fonte: Diário do Cuiabá
Compartilhe este artigo :

Postar um comentário

 
Copyright © 2011. Ricardo Quirino - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger